• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Fortaleza: carreata reúne mais de mil carros por #ForaBolsonaro

A atividade teve concentração na Avenida Alberto Craveiro, próximo ao Centro de Formação Olímpica (CFO), no Bairro Castelão e seguiu pelas principais vias da cidade até a Praça da Imprensa, no Dionísio Torres.

Publicado: 29 Maio, 2021 - 20h49 | Última modificação: 29 Maio, 2021 - 20h59

Escrito por: Tarcísio Aquino/CUT-CE

Tarcísio Aquino/CUT-CE
notice

A carreata puxada pela CUT Ceará, CTB, CSP Conlutas, movimentos sociais e a Frente Brasil Popular no Dia Nacional de Luta por “Fora, Bolsonaro”, reuniu mais de mil carros na tarde deste sábado (29/5), em Fortaleza, segundo os organizadores. A atividade teve concentração na Avenida Alberto Craveiro, próximo ao Centro de Formação Olímpica (CFO), no Bairro Castelão e seguiu pelas principais vias da cidade até a Praça da Imprensa, no Dionísio Torres.

Segundo o presidente da CUT Ceará Wil Pereira, a manifestação seguiu todos os protocolos de segurança para evitar a proliferação do coronavírus e teve como principais pautas a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), o retorno do auxílio emergencial de R$ 600, implementação de uma renda básica para os mais pobres e vacina para todos.

"Realizamos atos em todo o país e em todas as regiões do Ceará neste sábado para atingir um objetivo: expressar a revolta do povo brasileiro com a política negacionista e genocida do governo Bolsonaro. Esse grito estava preso na garganta, por isso a grande adesão desta carreata em Fortaleza e nas mais diversas atividades que ocorreram em todo o país. Não vamos parar por aqui", disse o dirigente.

O ato também reforçou a campanha dos servidores das três esferas (municipal, estadual e federal) contra as privatizações e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32 da reforma Administrativa do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL).  A proposta foi aprovada nesta terça-feira (25/5), por 39 votos a 26, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, como o voto favorável do deputado federal cearense Genecias Noronha (Solidariedade). O texto segue para uma comissão especial, onde o mérito será discutido.

“Não concordamos com a destruição do serviço público proposta pela reforma de Guedes e Bolsonaro, portanto, a nossa mobilização também teve este papel de informar a sociedade e sensibilizar os nossos parlamentares sobre os prejuízos dessa proposta.”, finalizou Wil Pereira.

Carreatas

A primeira carreata por Fora Bolsonaro ocorreu no dia 23 de janeiro, na Praia de Iracema, e a segunda no dia 31 de janeiro, no Pirambu. As duas atividades reuniram centenas de carros, motos e bicicletas. Todos os participantes usaram máscaras e respeitaram o distanciamento social, de acordo com as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS).