• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota de apoio à greve dos servidores municipais de Canindé

Servidores estão há mais de 10 dias com os braços cruzados e cobram diálogo com a Prefeitura

Publicado: 15 Abril, 2021 - 16h17

Escrito por: Redação CUT

notice

A Central Única dos Trabalhadores (CUT-CE) vem a público manifestar total apoio à greve dos servidores públicos do município de Canindé e repudiar o posicionamento intransigente do governo municipal que, de acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé (Sindsec), se recusa a abrir um canal de diálogo com a categoria.

Também repudiamos o desmonte do serviço público que, a nível federal, é fomentado pelo presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) e, nos municípios, amplamente reproduzido por seus aliados e apoiadores, sob a desculpa que é preciso cortar gastos.

Em Canindé, já são mais de 10 dias de muita resistência e mobilização frente à recusa da prefeita Maria do Rozário Ximenes (DEM) de recuar da decisão de retirar direitos da categoria. A prefeitura suspendeu o pagamento do Adicional por Tempo de Serviço (ATS), direito estabelecido em 1992 e não garantiu a progressão dos professores, que é respaldada pelo Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Profissionais do Magistério da Educação Básica Municipal de Canindé (PCCS/MAG - Lei 2.069/2008).

Os servidores também exigem que a Prefeitura faça ajuste no percentual de insalubridade para todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19 e a reposição inflacionária para todos os trabalhadores que recebem acima do salário mínimo.

Portanto, a CUT Ceará se soma ao movimento paredista e exige que a prefeita Rozário Ximenes receba a direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé para negociar a pauta dos trabalhadores e que aponte uma solução conjunta para os problemas da categoria.

A CUT Ceará reitera ainda o seu compromisso com a luta da classe trabalhadora e reafirma seu apoio ao funcionalismo de Canindé, pela garantia de seus direitos e contra a precarização do trabalho.

Todo apoio à greve dos servidores municipais de Canindé!

Somo fortes, somos CUT!

 

Direção-executiva da CUT-CE

Fortaleza, 15 de abril de 2021