• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Nota dos movimentos sociais, sindicais e parlamentares cearenses sobre fala de Ciro

O ex-governador deu declarações infelizes sobre o ex-presidente Lula em entrevista ao Jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (17)

Publicado: 21 Maio, 2021 - 11h11

Escrito por: Redação CUT

notice

Nós Movimentos Sociais, Sindicais, Parlamentares e Partido dos Trabalhadores do Estado do Ceará tornamos público nossa insatisfação com as palavras infelizes de Ciro Gomes a respeito do Ex. presidente Lula em entrevista ao Jornal Valor Econômico no último dia (17) segunda feira. Vivemos um momento muito grave na conjuntura brasileira que exige construção de unidade.

Nós movimentos sociais, sindicais e partidos de esquerda a nível nacional temos construindo unidade em pautas centrais, dentre elas: Vacina para Todos e Todas e Auxílio Emergencial de 600 reais para amenizar a situação de pobreza em nosso País e a luta pelo Fora Bolsonaro. Acreditamos que o governo federal é um dos principais inimigos dos trabalhadores.

Nesse momento onde a pandemia já matou mais de 400 mil brasileiros, há um avanço do desemprego, da miséria e da fome, não podemos ter dúvidas da necessidade de construirmos unidade, desta forma acreditamos que o ataque de Ciro Gomes contra o Ex. Presidente Lula não ajuda na construção da unidade tão necessária nesse momento da nossa história.

Temos certeza que nos governos Lula e Dilma foi possível avançarmos em diversas pautas, bem como na inclusão social do povo brasileiro, foi possível com a luta organizada dos trabalhadores obter conquistas importantes para o desenvolvimento de nosso País. Acreditamos que ainda há muitas lutas a serem travadas e conquistas a serem construídas.

Acreditamos que reconhecer as lideranças políticas do campo democrático e dos  movimentos sociais em especial do ex. presidente Lula, é uma condição importante para avançarmos na construção da unidade para a garantia de direitos do nosso país.

Desta forma como organizações sociais cearense, não podemos concordar e repudiamos a fala de Ciro Gomes em entrevista ao Jornal Valor econômico.

Nossa luta é pela construção da unidade dos trabalhadores e trabalhadoras por vacina no braço, comida no prato e Fora Bolsonaro!

 

Assinam essa nota:

-Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra- MST;

-Central Única dos Trabalhadores- CUT;

- Federação dos Trabalhadores Rurais agricultores Familiares do estado do Ceará-

FETRAECE;

-Movimento dos Atingidos por Barragens- MAB;

-Levante Popular da Juventude;

- Partido dos Trabalhadores- PT;

- José Nobre Guimarães- Dep. Federal- PT

- Luiziane Lins- Dep. Federal- PT;

-José Arton Cirilo- Dep. Federal- PT;

- Elmano de Freitas- Dep. Estadual- PT;

-Moises Braz – Dep. Estadual- PT;

- Acrisio Sena- Dep. Estadual- PT.

 

Fortaleza, Ceará, 18 de Maio de 2021.