• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Rede de Formação do Nordeste da CUT realiza seminário em Recife-PE

CUT-CE participa do debate e do lançamento da Plataforma da Classe Trabalhadora para os Estados do Nordeste do Brasil. Evento, encerrado na quarta (18/7), marcou os 20 anos da Escola Nordeste da CUT

Publicado: 19 Julho, 2018 - 17h00 | Última modificação: 16 Agosto, 2018 - 16h11

Escrito por: Raquel Chaves/CUT-CE

Escola Nordeste da CUT/Divulgação
notice
Escola Nordeste da CUTEscola Nordeste da CUT
Formadores e formadoras da CUT reuniram-se na capital pernambucana durante dois dias

Mais de 150 dirigentes e ex-dirigentes estaduais e formadores CUTistas estiveram reunidos nos últimos dois dias em Recife-PE, participando do Seminário Regional da Rede de Formação do Nordeste. O evento, encerrado nesta quarta-feira (18/7) envolveu os nove estados da região, num processo de fortalecimento da rede, planejamento de ações regionais e integração dos formadores/as. A atividade também marcou os 20 anos da Escola Nordeste de Formação da Central Única dos Trabalhadores e o lançamento da Plataforma da Classe Trabalhadora para os Estados do Nordeste do Brasil. O Ceará contou com uma delegação de 15 pessoas.

Segundo a coordenadora da Escola Nordeste, Lúcia Silveira, o Seminário foi pensado para pensar a formação no momento político brasileiro atual. “Um momento também de pensar quais os nossos desafios enquanto CUTs estaduais, mais especificamente as Secretarias de Formação”, explicou a dirigente, que também integra a Direção Executiva da CUT-CE.

Escola Nordeste-CUT/DivulgaçãoEscola Nordeste-CUT/Divulgação
Lúcia Silveira coordena a Escola Nordeste da CUT e é secretária de Formação da CUT-CE

Lúcia Silveira informou que, além de direcionar os trabalhos para o fortalecimento da rede de formadores e os novos desafios, foi discutida a questão do financiamento da formação no cenário atual, de pós-golpe, em que o governo tenta, a todo custo, enfraquecer o movimento sindical. “Estamos nos adaptando ao momento, ouvindo e compartilhando os relatos estado a estado. Mas a formação não para”, esclareceu.

Plataforma da Classe Trabalhadora

Em um outro momento do Seminário, destacou-se o lançamento da Plataforma da Classe Trabalhadora para a Região Nordeste. Lúcia Silveira apresentou o documento, oriundo dos fóruns das CUTs nordestinas, através da realização de plenárias estaduais. “Foram elas, como as várias realizadas no Ceará, que nos subsidiaram com suas contribuições para a definição dos eixos”, disse a coordenadora. A plataforma foi entregue, na ocasião, ao pré-candidato a deputado federal pelo PT, Carlos Veras, ex-presidente da CUT-PE, que participou do evento.

Todas as CUTs da região vão receber o documento, que orienta os candidatos para as Eleições de 2018, com as propostas da classe trabalhadora. “Assim como cuidamos das campanhas salariais e da defesa dos direitos dos trabalhadores, conclamamos nossa militância a participar das campanhas eleitorais, apoiando as candidaturas que defendam a pauta dos trabalhadores e trabalhadoras como tarefa prioritária”, reforçou o presidente da CUT-CE, Wil Pereira, que também compôs a delegação cearense.

Escola Nordeste da CUT/DivulgaçãoEscola Nordeste da CUT/Divulgação
Secretário de Finanças da CUT-CE, professor Helder Nogueira discute projeto popular e democrático para o Brasil

As Eleições 2018 também foram pauta de debates durante o Seminário, quando foi formada uma mesa para discutir um projeto popular e democrático para o Brasil em tempos de golpe. A CUT-CE foi representada pelo professor Helder Nogueira, membro da Direção Executiva. Com ele, o professor Roberto Veras, do programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) – e que já foi formador da Central. “Foi uma oportunidade de debater a estratégia do Projeto Popular e Democrático no atual estágio da luta política no Brasil”, disse Helder.

Escola Nordeste da CUT/DivulgaçãoEscola Nordeste da CUT/Divulgação
Secretária nacional de Formação da CUT, Rosane Bertotti também participou das discussões 

20 anos da Escola Nordeste da CUT

O Seminário também teve como ponto alto a comemoração dos 20 anos da Escola Nordeste. “Esses 20 anos mostram que temos história. A CUT é a maior Central do Brasil hoje. Somos frutos do cumprimento do papel dos nossos antecessores e seguimos fazendo o mesmo”, comemorou Lúcia Silveira. A secretária nacional de Formação da CUT, Rosane Bertotti, também participou das discussões e da comemoração e estimulou os participantes a se inserirem cada vez mais nas suas bases de formação de novos dirigentes e das juventudes.

carregando
carregando